slimlab.net Informática Redes Powerline - Internet na arrecadação

Publicações

Powerline - Internet na arrecadação
21 Fevereiro 2012

pwrline

 

O local tem péssima cobertura de redes sem-fio. É tão recôndito e simples que não existe uma tomada que seja, nas paredes. Passar cabos até ali não era uma alternativa válida. Mas o desafio de conseguir acesso à Internet mantinha-se.  

Esta arrecadação fica algo distante da moradia correspondente. No interior, existe apenas uma lâmpada, pendurada por cima da porta e que é controlada por um interruptor para acender/apagar. De resto, é so chão, parede e material velho, armazenado.

A solução para conseguir conectividade podia estar naquela lâmpada. A rede eléctrica é a única que ali passa e, hoje em dia, a transmissão de dados pelos fios eléctricos é possível com a tecnologia Powerline.

 

As origens da Powerline remontam à década de 1990. É uma tecnologia que tem vindo a amadurecer ao longo do tempo, de tal ordem que, actualmente comercializam-se produtos de velocidade até 500 Mbps e com alcance até 300 metros.

A Powerline tem algumas limitações, mas quando funciona, funciona realmente bem. Muitas vezes, constitui a única alternativa a outras tecnologias como o Wi-Fi, Móvel e Ethernet.

A ligação por Powerline é feita recorrendo a pelo menos 2 equipamentos que são ligados directamente nas tomadas eléctricas e criam uma bridge (ponte) automática entre si. O que quer que liguemos no ponto 1, irá trabalhar como se estivesse ligado directamente na rede do ponto 2 e vice-versa.

 

Powerline scheme

A configuração que vemos na imagem acima (PC ligado ao adaptador por cabo Ethernet) acaba por ter um efeito prático idêntico ao de o PC estar ligado directamente ao Modem/Router. A Powerline pode ser tão simples como tirar os adaptadores da embalagem original, ligá-los nas tomadas e ficar a funcionar de imediato.

 

Mas voltemos ao nosso problema. Temos uma arrecadação com 1 lâmpada enroscada num casquilho E27, um interruptor e nada mais.

Adicionalmente, para esta experiência, obtiveram-se 2 adaptadores Powerline semelhantes aos que se apresentam abaixo.

tl-pa251

O primeiro adaptador ficaria ligado no interior da moradia, na tomada mais próxima da rua.

O segundo adptador sería ligado na arrecadação. Mas para isso seria necessário existir ali uma tomada eléctrica que, como vimos, não existe. Existe apenas um casquilho com uma lâmpada.

Para contornar a falta da tomada, a solução passou por usar uma peça que funciona como um adaptador rosca E27 com 2 entradas para ficha eléctrica 220V. A sua base (rosca) é semelhante à das lâmpadas e enrosca no lugar onde a lâmpada estava incialmente. Na extremidade oposta existe um casquilho que permite alojar a lâmpada e, em simultâneo, possui 2 entradas eléctricas em lados opostos, nas laterais da peça.
 

E27 220V_porcelan_lamp_base

Assim sendo, enroscou-se este adaptador eléctrico no lugar da lâmpada, ligou-se um dos Powerline numa das entradas do adaptador e o carregador eléctrico do portátil na outra entrada (ver primeira imagem). A lâmpada não foi ligada para evitar aquecimento excessivo na zona. Depois, ligou-se um cabo Ethernet (visível na foto - côr verde) desde o adaptador Powerline até ao portátil, onde se confirmou a existência de conectividade com a rede da moradia e, consequentemente, com a Internet. ♦

   
 
 
 
 
 
Design by Inspiration

Creative Commons Conteúdos disponibilizados sob uma licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 2.5 Portugal
HTTPS/SSL Fingerprint (SHA1): 59:46:EB:34:DE:C1:E4:B3:E0:A2:84:27:6B:30:F9:7E:85:F0:FC:6A